Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de um Cinéfilo

Vida de um Cinéfilo

31.Jan.19

Matchstick Men – obrigado por me roubares

Francisco Quintas
O logotipo da Warner Bros. Pictures surge lentamente à frente de uma limpa plataforma de água. Nicolas Cage faz a contagem decrescente e, ao som de ‘The Good Life’, do americano Bobby Darin, os créditos iniciais começam a sobrevoar o ecrã, surgindo à frente de uma distante e calorosa Los Angeles e de volta à reluzente piscina do protagonista. Conhecemos a carpete obsessivamente bem nivelada, o guarda-roupa revestido a sacos de plástico, um quintal, uma piscina e uma (...)
08.Nov.18

The Big Lebowski – banalidade inusitada

Francisco Quintas
“The Big Lebowski” é um dos grandes filmes dos Irmãos Coen. Foi lançado no dia 6 de Março de 1998 nos Estados Unidos, chegando a Portugal no dia 30 de Outubro. 20 anos depois, o filme permanece engraçado, satírico e socialmente relevante. Vejamos porquê. Para além de uma gema importantíssima na filmografia dos Irmãos Coen, chamativa não só para percebermos todas as imagens de marca da dupla de realizadores americana, mas também como uma contextualização histórica do (...)
01.Out.18

2001: A Space Odyssey - uma epopeia pela existência

Francisco Quintas
Se passado todas estas décadas, ainda se continua a discutir um determinado filme, é sinal que haverá sempre mais para ser explorado. “2001: A Space Odyssey” foi lançado no dia 1 de Outubro de 1968 nas salas portuguesas. Foi realizado pelo génio incontestável americano Stanley Kubrick, tendo sido co-escrito pelo mesmo juntamente com o autor inglês Arthur C. Clarke. Ao contrário do que muitos pensam, o filme não foi baseado no livro homónimo. Stanley Kubrick propôs o desafio (...)
06.Mar.18

Pride & Prejudice (Orgulho e Preconceito, 2005) - Análise e Crítica

Francisco Quintas
     Baseado no clássico homónimo da Jane Austen, publicado em 1813, o filme conta a história de Elizabeth “Lizzie” Bennet, uma das filhas de uma família da nobreza agrária, que se recusa a casar com alguém que não ame. Assim que a irmã mais velha, Jane, encontra um pretendente, Lizzie conhece Mr. Darcy, um nobre aparentemente arrogante. Enquanto se conhecem, ambos descobrem inúmeras características um do outro, revelando assim facetas que desconheciam e escondiam.     (...)