Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de um Cinéfilo

Vida de um Cinéfilo

15.Mar.19

A Netflix não é Cinema? Porquê?

Francisco Quintas
Esta discussão não começou ontem em Hollywood. O problema é que se estabelecia ocasionalmente e se deixava estar pelas mesas das nossas casas. Como é evidente, não havia necessidade de escrever sobre isto há 10 anos. Permitam-me que idealize uma observação já concretizada vezes e vezes sem conta – o que acontece é que a quantidade de cinéfilos que têm preferido assistir àquilo que querem, quando querem e onde querem tem vindo a explodir, garantida a facilitada divulgação (...)
23.Jan.18

The Gifted S1 (2017/2018) - Crítica

Francisco Quintas
   Dentro do universo dos X-Men, uma família tipicamente americana vê-se totalmente descarrilada depois de drásticas mudanças consequentes da revelação mais inesperada das suas vidas. Os irmãos Lauren e Andy Strucker são mutantes e, juntamente com os pais Reed e Caitlin, devem lutar contra o sistema, contando com a ajuda de um enorme grupo de mutantes clandestinos.    Sendo esta apenas a primeira série da Marvel que vejo, devo admitir que fiquei impressionado. Next stop: Netflix (...)
11.Nov.17

Thor: Ragnarok (2017) - Crítica

Francisco Quintas
     Vale sempre a pena esperar pelas duas cenas pós-créditos, a não ser que a cena dure 45 segundos e que não acrescente nada à informação já dada sobre futuros filmes. Enfim …      Thor e Hulk estão de volta e, desta vez, depois de se reencontrarem por acaso num planeta diferente, os dois devem unir forças para impedir que a irmã desconhecida do Thor, Hela, destrua Asgard por completo.     O filme foi realizado pelo neozelandês Taika Waititi, um realizador em (...)
24.Jul.17

Logan (2017) - Crítica

Francisco Quintas
     Depois de uma longa maratona dos filmes dos X-Men, finalmente pude ver Logan. Perdoem-me cinéfilos, mas eu nunca tinha visto nenhum filme dos X-Men. A última semana contribuiu bastante para eu me atualizar e para conhecer um dos melhores personagens do cinema moderno. O Wolverine sem o Hugh Jackman não valerá nada.      O filme começa em El Paso, no Texas, em 2029, e segue um velho, fraco e desgastado Logan que deve interromper o seu trabalho como motorista para salvar uma (...)
07.Jul.17

Spider-Man: Homecoming (Homem-Aranha: Regresso a Casa, 2017) - Crítica

Francisco Quintas
   Como já disse antes, os sites americanos são uns oficiais engraxadores dos filmes de super-heróis recentes. Plataformas como Rotten Tomatoes ou IMDB adoram sobrevalorizar filmes que não são necessariamente tão espetaculares assim. Ainda não vi o Logan, o GOTG Vol. 2, nem o Wonder Woman, e tenho evitado ver trailers já há muito tempo. Mas … será Spider-Man: Homecoming um filme digno para apresentar mais uma vez o aranhiço ao público?    Meses após os acontecimentos em (...)