Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de um Cinéfilo

Vida de um Cinéfilo

14.Mar.19

Captain Marvel – a tarefa foi cumprida

Francisco Quintas
Por razões que ainda não consegui conceber, a comunidade dita cinéfila continua a não saber propriamente conversar sobre cinema. Podíamos gastar os nossos efémeros minutos a discutir eternamente matérias como a extensidade do arco do Michael Corleone, a genuína natureza da mente do Alex DeLarge, as infinitas interpretações das origens do sinistro quadro do Hotel Overlook ou o alienante e fantástico paralelo de Riggan Thompson com o Ícaro. Ao invés, encontramo-nos atrás de um (...)
25.Jan.19

Óscares - a perda de credibilidade

Francisco Quintas
Em 2014, assisti pela primeira vez à cerimónia dos máximos prémios da Sétima Arte. A alegre e sarcástica Ellen DeGeneres foi a escolhida para liderar o evento e marcou a sua presença pela segunda vez, depois de segurar a noite de 2007. Ficou difícil não me afeiçoar ligeiramente àquela atmosfera. Porque é que desgostaria do que estava a ver? Tinha uma apresentadora minimamente audaciosa a largar pequenas provocações à plateia cheia de estrelas consagradas e seleções de (...)
17.Ago.18

Iron Man - o recomeço expansionista de um género

Francisco Quintas
Tal como festejámos a primeira década do Universo Cinematográfico da Marvel com a estreia de "Avengers: Infinity War", devemos também dar atenção ao filme pioneiro da franchise mais lucrativa da História do Cinema. Atualmente, é verdade que, em termos de argumento, filmes de super-heróis tendem a ser cada vez mais escassos, são cada vez menores as maneiras de se contarem as histórias de origem. "Iron Man", juntamente com "Spider-Man" e "Batman Begins", apresenta a fórmula mais (...)
24.Out.17

Kingsman: The Secret Service (Kingsman: Serviços Secretos, 2015) - Crítica

Francisco Quintas
     Assisti a Kingsman: The Golden Circle no passado fim-de-semana e pensei em fazer a crítica do original. Porque não? Afinal, o primeiro Kingsman foi um dos melhores filmes de 2015.      Baseado na série de banda desenhada Kingsman, escrita por Mark Millar e Dave Gibbons e publicada em 2012, o filme conta a história de Eggsy, um jovem londrino que se forma na organização secreta britânica de espionagem Kingsman, com o objetivo de combater o vilão megalomaníaco Valentine. (...)
14.Jul.17

Kong: Skull Island (Kong: Ilha da Caveira, 2017) - Crítica

Francisco Quintas
     Em 2014, com a estreia de Godzilla, deu-se início a um novo universo da Warner Bros. Pictures chamado MonsterVerse, baseado nas histórias dos monstros clássicos Godzilla e King Kong. Godzilla: King of the Monsters e Godzilla vs. Kong já foram anunciados para 2019 e 2020, respetivamente. Godzilla não foi excecional, foi somente bom (em breve farei uma crítica desse filme). Será Kong: Skull Island o mesmo caso?      O filme passa-se em 1973 e segue uma equipa de cientistas (...)
27.Jun.17

Unbreakable (O Protegido, 2000) - Crítica

Francisco Quintas
     Hoje vi o filme Split, que estreou em fevereiro. Unbreakable foi lançado há 17 anos e é um dos meus filmes preferidos de sempre. Eu ainda pensei em esperar por 2020, quando o filme eventualmente faria 20 anos de existência. Mas 3 anos ainda demoram, juntando isso ao facto de eu querer fazer críticas de clássicos daqui para a frente. Aproveito para dizer que esta crítica terá spoilers. Já agora, porque não chamar ao filme "Inquebrável"? Ok, não interessa ... vamos a isto!